Melhoria do Processo de implantação de Cateter vascular central em uma Unidade de Terapia aplicando


Cateter Venoso Lean Healthcare - Way Lean Negocios

"Nós da Way Lean Negócios queremos agradecemos muito a colaboração de nossa colega Alice Sarantopoulos por escrever este artigo para nosso blog do conhecimento LEAN.

O trabalho desta Enfermeira, Mestre e pesquisadora em LEAN no setor da saúde é fantástico.

Leiam com atenção os ganhos....desta fantástica forma de gestão que esta ganhando espaço em todos os setores. Bem vindos a nova geração do LEAN Healthcare "

Melhoria do Processo de implantação de Cateter vascular central em uma Unidade de Terapia aplicando Lean Thinking

A terapia infusional é amplamente utilizada em cuidados de saúde para administrar soluções através de um cateter vascular central (CVC).

Eventos adversos têm um impacto severo na morbilidade e mortalidade dos pacientes, na qualidade dos cuidados, nos custos e na eficácia do tratamento.

Para o estudo do processo de inserção de CVC utilizou-se a metodologia Lean.

Reunimos uma equipe multidisciplinar para analisar as possibilidades de melhorias relacionadas ao processo de inserção dos CVC em unidade de terapia intensiva com 20 leitos, em um hospital universitário.

O pensamento Lean foi aplicado em conjunto com especialistas. Foram realizadas 7 reuniões utilizando o A3 para guiar as discussões. Aplicamos o SWOT para identificar o estado atual: Entre os pontos fortes, identificamos a capacidade técnica da equipe; como fraquezas, a não conformidade no cuidado; como oportunidades, a possibilidade de um treinamento multidisciplinar, e como ameaças, a resistência à mudança. A equipe foi ao gemba para identificar problemas relacionados com CVC.

Foi realizado o Yamazumi Chart e foram identificadas oportunidades de melhoria: Médico e residente perdem 30 minutos procurando e coletando os materiais para realizar o procedimento que demora aproximadamente de 20 a 30 minutos.

Como contra medida, desenvolvemos um kit com todos os materiais para tornar esse processo mais ágil, o que retornou como ganho de 25 min de tempo médico por inserção de cateter.

Totalizando aproximadamente 12 horas mensais médicas de economia, um tempo que o profissional pode utilizar no cuidado com o paciente, além de relatos de diminuição de estress entre a equipe. Por não haver uma mesa de apoio, a equipe médica tinha dificuldade de abrir o material sempre quando a atividade era realizada. Como contra medida, separamos um carrinho específico e identificado para realização desta atividade.

Fizemos um 5S na UTI e identificamos o local determinado do carrinho. Com este trabalho, percebemos que o uso do pensamento Lean e ferramentas auxiliaram no andamento do projeto de maneira rápida e eficaz, além de motivar a nossa equipe e permitir a discussão interdisciplinar.

Referencias:

1 Chopra V, Flanders SA, Saint S, Woller SC, O'Grady NP, Safdar N. The Michigan Appropriateness Guide for Intravenous Catheters (MAGIC): results from a multispecialty panel using the RAND/UCLA appropriateness method. Ann Intern Med. 2015;163 (6_Supplement).

2 Pinto FC. Em Busca do Cuidado Perfeito: aplicando LEAN na Saúde. Lean Institute Brasil, 2014.

Alice Sarantopoulos, RN MSc

PhD Student in Lean Healthcare

School of Medical Sciences

State University of Campinas - Brazil


Posts Recentes