VALE A PENA SER MULTIFUNCIONAL ?


Fazendo muitas coisas, multifuncional - Way Lean Negócios

Acabo de ver uma matéria na TV de Samy Dana, explicando a tendência desta geração em partir para tarefas multifuncionais.

Tem sido muito comum participantes de reuniões, simpósios ou apresentação, de olho em seus celulares, (mesmo que em “mute”), checando seus e-mails ao mesmo tempo que tentam prestar atenção no interlocutor. Isto tem sido absorvido como uma “vantagem competitiva” e para piorar o cenário, normalmente os lideres ou “chairmen” das reuniões tem sido os piores exemplos.

Alguém focado no tema, sem o notebook aberto já pode ser visto como “esquisito” e “por fora”.

Inúmeros testes demonstrados na matéria comprovam o absurdo desta tendência. Você acaba não fazendo nada direito, mas com a pseudo sensação que deu conta de tudo.

Me veio à lembrança quando entrevistava um candidato a uma vaga em nossa equipe e lhe perguntava se era uma pessoa versátil.

Ele me respondeu: Sou um verdadeiro PATO ! (Como não estava no Brasil, o significado de PATO poderia ser diferente, então lhe perguntei o que aquilo queria dizer exatamente....) Ele completou....CAMINHO, NADO e VOO...à princípio achei muito interessante, até o dia que observei um pato com atenção. Esta ave caminha de maneira esquisita, voa mal e nada meio que no improviso ..Concluí que embora versátil, faz as 3 coisas de... forma questionável....vale a pena ???

Por que este assunto me chamou a atenção dentro de um blog LEAN ? As lideranças sem perceber muitas vezes, tem pedido à seus colaboradores para fazerem tarefas simultâneas, ou dentro do cenário: aproveitando que você está ocioso ou com tempo....

Tudo isto está absolutamente na contra-mão do ambiente LEAN. Todos devem focar suas tarefas de acordo com o trabalho padronizado. Se o ciclo está ocioso, excelente oportunidade para revisá-lo como corresponde, mas jamais pedir a seu colaborador que realize tarefas não padronizadas.

Isto quer dizer que não podemos realizar tarefas simultâneas ? Não ! Claro que podemos realiza-las, mas se e somente se, diria o matemático, se isto foi previamente analisado e estiver contemplado no trabalho padronizado. Tirar a atenção de um colaborador, qualquer que seja o motivo, é incentivar que um grave acidente ocorra, que se gere um problema sério de qualidade e que se perca produtividade...nesta ordem de importância.

Você tem dirigido falando ao celular, ou digitando respostas de SMS ? entra em reunião com seu notebook ? conversa com sua equipe olhando para a tela do computador ? Se a resposta foi SIM para alguma das perguntas, um excelente momento para reflexão se você realmente está com o foco correto e mais do que isto, se você é o exemplo a ser seguido.

Pense nisso !

Imagem:https://www.google.com.br/search?q=fazendo+muita+coisa&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwiOzb3etZLUAhXBgZAKHRJWA0gQ_AUIBygC&biw=1366&bih=662#tbm=isch&q=fazendo+varias+coisa&imgrc=tIt6vSeIydIhbM:


Posts Recentes